PRÓXIMO JACKPOT

6. December 2019

  • 03 Hours
  • 39 Minutes
  • 59 Seconds

17 MILHÕES €

JOGAR AGORA

Resultados Euromillions

03.12.2019 - Tuesday

  • 18
  • 31
  • 32
  • 38
  • 48
  • 4
  • 12
Ver a chave do EuroMillions

JOGUE COM APOSTAS CEGAS

Escolha 5 Números (1-50) e 2 Euronúmeros (1-12)

Confirmar

Felicidade e Hospital – esta combinação existe!

07.12.2018

Grupo de jovens médicos no hospital

Um reformado fraturou a anca enquanto tentava registar as suas apostas para o segundo maior jackpot de sempre na história das lotarias. No hospital, o staff ficou a saber da história e decidiu deixá-lo participar no sindicato de apostas dos empregados do hospital. No final, conseguiram mesmo um prémio milionário.

Uma queda com fratura da anca

Os mega jackpots não acontecem apenas na lotaria EuroMillions, mas também em algumas lotarias dos EUA. Nos Estados Unidos é frequente vermos jackpots com quantias incríveis, como foi o caso do segundo maior jackpot de sempre distribuído há cerca de dois meses nas terras do Tio Sam, no valor de  $1,6 mil milhões. Como é natural, ninguém quis perder uma oportunidade destas e pessoas do país inteiro correram para registar as suas apostas.

Quem também quis tentar a sua sorte foi Earl Livingston, um homem de 87 anos que vive em New Jersey. No entanto, a caminho do quiosque onde iria registar o seu boletim, este reformado norte-americano deu uma queda e partiu a anca. Foi imediatamente levado para o hospital para ser examinado e não conseguiu registar a lotaria.

Segundo ao canal "NBC10 News", Earl não só estava a sofrer de dores como também estava muito desiludido pelo facto de não ter conseguido registar as suas apostas. A atenciosa equipa que o estava a tratar no hospital ouviu a sua história e rapidamente prepararam uma surpresa.

Staff do hospital incluiu o paciente no seu sindicato de apostas

Bobbie Mickle, uma sobrinha de Earl Livingston, contou à NBC10 News que seu tio havia dito várias vezes ao staff do hospital que na altura que deu a queda estava a caminho do quiosque para jogar na lotaria. Ele ficou muito desiludido por não ter conseguido participar neste que era um dos maiores sorteios da história das lotarias.

Um dos membros do staff do hospital ouviu atentamente a sua história e decidiu deixar Livingston juntar-se ao sindicato da equipa do hospital. O sindicato era composto por 141 funcionários, que tinham comprado muitos bilhetes para aumentar as probabilidades de ganhar. Em caso de terem direito a prémio, os ganhos seriam então divididos entre todos os membros do sindicato.

Surpreendentemente, o sindicato acabou mesmo por ganhar um prémio de um milhão de dólares e o reformado de New Jersey também teve direito à sua parte.

O sofrimento valeu a pena

A sobrinha de Livingston disse que ao início o seu tio não acreditou na história e que muito provavelmente estava confuso devido a todos os analgésicos que tinha tomado. Mas os funcionários foram ter com ele para confirmar as novidades e para lhe darem os parabéns. Naquele momento, ele percebeu que tinha realmente ganho um prémio na lotaria graças à amabilidade do staff do hospital.

“Este prémio até me aliviou a dor na anca”, disse Livingston em tom de brincadeira. O norte-americano ficou muito agradecido aos membros da equipa e espera que todos tenham uma vida longa e feliz. O que parecia um azar, acabou por transformar-se em sorte e Earl ficou muito feliz por ter sido obrigado a ir para o hospital.