PRÓXIMO JACKPOT

21. December 2018

  • 61 Hours
  • 51 Minutes
  • 20 Seconds

101 MILHÕES €

JOGAR AGORA

Resultados Euromillions

18.12.2018 - Tuesday

  • 1
  • 9
  • 18
  • 39
  • 48
  • 5
  • 7
Ver a chave do EuroMillions

JOGUE COM APOSTAS CEGAS

Escolha 5 Números (1-50) e 2 Euronúmeros (1-12)

Confirmar

Top 10 das maneiras mais épicas de pedir demissão

24.07.2015

Maneiras mais épicas de pedir demissão

Nos tempos que correm manter um emprego não é tarefa fácil. No entanto, muitas vezes esse emprego é simplesmente intragável – és mal pago, trabalhas muitas horas e o patrão não reconhece o teu esforço. Se este é o teu caso, estás prestes a explodir e queres pedir demissão, não te esqueças de deixar a tua marca e fazê-lo com grande estilo.

10 – Chumbar no teste antidroga

Ok, esta talvez não receba muitos pontos no que diz respeito a estilo (deixamos isso ao teu critério), mas ninguém pode dizer que não foi uma maneira épica de pedir demissão. Se a tua intenção é mostrar que “estás-te nas tintas” para o teu emprego, aparecer para trabalhar sob o efeito de drogas demonstra isso mesmo. Também é uma boa forma de soltar a língua e dizer a todos aquilo que realmente pensas deles - afinal, o que poderia correr mal? (isso fez maravilhas pela carreia de Charlie Sheen)

Houve um homem que levou isto ao extremo, o jogador de futebol americano Ricky Williams. Depois de já ter chumbado em três testes antidroga em 2004, e antes de ser suspenso, Ricky decidiu demitir-se. “Eu não desisti do futebol por ter chumbado no teste antidroga”, disse ele à imprensa. “Eu chumbei no teste antidroga porque estava pronto para desistir do futebol.”

9 – Simplesmente desaparecer

Este é outro exemplo que não preza necessariamente pelo estilo, a não ser que decidas fazer o que o comediante Dave Chappelle fez. Chappelle abandonou o seu show de stand up na TV a meio e não voltou a aparecer. Em vez disso, vou para a África do Sul para fazer um “retiro espiritual”, e deixou os executivos da rede televisiva a pensar no que significaria a sua atitude.

8 – Fazer uma declaração

Já toda a gente, em algum momento, sentiu que estava num emprego mal pago, com excesso de trabalho e onde o seu esforço não era reconhecido - mas como há contas para pagar lá se vai aguentando. No entanto, quando as ações da tua entidade empregadora vão além daquilo que consideras moralmente correto, isso pode corroer-te alma e, para bem da tua saúde mental, não tens outra alternativa senão “deitar tudo cá para fora”. 

Foi isso mesmo que aconteceu com Greg Smith, na altura diretor executivo do gigante americano Goldman Sachs, que decidiu publicar a sua carta de demissão, que ficou mundialmente famosa, no New York Times!

Outro caso semelhante foi o da repórter da RT, um canal de televisão russo com emissão em inglês focado em transmissões globais sob a perspetiva russa, que se demitiu em direto como forma de protesto contra a intervenção militar da Rússia na Ucrânia.

7 – Pedir demissão ao estilo geek

Quando Jarrad Farbs abandonou o seu emprego na filial australiana da 2K Games, decidiu fazê-lo em grande estilo, ao verdadeiro estilo geek. Ele criou a sua própria versão do jogo Super Mario Brothers com uma mensagem que informa a 2K Games da sua demissão (o jogo ainda está disponível aqui). Houve também um designer que decidiu apresentar demissão de forma bastante criativa, deixando um aviso no computador do escritório.

6 – Demitir-se e sair pela rampa de emergência

Uma passageira abriu o compartimento de bagagem do avião, uma mala caiu e acertou na cabeça do comissário de bordo Steven Slater. Como a passageira recusou pedir desculpa e ainda o insultou, o comissário dirigiu-se ao intercomunicador e, em frente a todos os passageiros, retribuiu os insultos e despediu-se. Depois, agarrou em algumas latas de cerveja e saiu do avião pela rampa de emergência. 

5 – Passar a mensagem usando outdoors

Pedir demissão usando um outdoor

Dizem que uma imagem vale mais do que mil palavras. Estas simplesmente dizem “Eu demito-me” com estilo. Será que foram trabalhadas em Photoshop? Esperemos que não! Usar um outdoor é, sem dúvida, uma maneira bastante criativa de pedir demissão. E ainda mais criativa quando usado o outdoor da própria empresa.Foi isso mesmo que fez um empregado da cadeia americana de fast food Wendy’s.

4 – Usar um bolo como folha para a carta de demissão

Empregado de aeroporto escreve carta de demissão num bolo

As palavras por vezes são amargas, mas um bolo é doce. Os dois juntos resultam numa solução equilibrada. Foi isso que pensou Chris Holmes, um antigo funcionário do aeroporto de Stansted, na hora de demitir-se. Chris, que é um perito em pastelaria, enviou um bolo muito à administração com uma mensagem muito especial, a sua carta de demissão.

3 – Pedir demissão ao estilo musical

Se a pastelaria não é o teu forte, então precisarás encontrar outra forma de expressão – e a música parece ser a escolha popular entre aqueles que procuram uma maneira original de abandonar o emprego. Aqui fica o exemplo de um funcionário que trabalhava numa coffee shop nos Estados Unidos, que pediu demissão em frente aos seus patrões e clientes com um belo musical. 

2 – Fazê-lo através da dança

Se não tens boa voz, a dança pode ser uma ótima alternativa. Através da dança podes dar o teu toque pessoal às coisas e deixar a tua personalidade brilhar. Vê aqui o Manager de um restaurante a pedir a sua demissão ao som de Vanilla Ice. Ou ainda melhor, Marina Shifrin, uma produtora de conteúdos digitais, que foi protagonista do seu próprio vídeo onde pede demissão. O resultado foi melhor do que o esperado. O vídeo tornou-se viral e ela recebeu uma proposta para trabalhar com Queen Latifah, a famosa atriz e cantora norte-americana.

1 – Fazê-lo através da dança e música – com mariachis e vestido de banana

Se queres deixar o teu emprego, fazê-lo de maneira estranha e divertida pode ser uma boa ideia. Dessa forma, os outros vão sentir, nem que seja por um breve momento, que são livres para fazer o mesmo. Então, escolhe uma maneira original, junta-lhe um pouco de magia e passa a mensagem de que trabalhamos para viver, e não o contrário. Se precisares de inspiração, vê este vídeo de um trabalhador que decidiu vestir-se de banana e, não contente, ainda contratou um grupo de mariachis para ajudar à festa.